Na dúvida de como cuidar de jiboia?

Nem precisa!

Pensa numa plantinha incrível, super fácil de cuidar e que não dá o minimo de trabalho.

Essa planta é a jiboia.

Além de se adaptar super bem em ambientes internos, a jiboia também é a espécie perfeita para quem deseja trazer um pouco de verde para o dia a dia, mas não tem muito tempo para isso (nem muitas habilidades).

Isso porque a jiboia não é nada exigente quando o assunto é cuidados.

Ela se vira super bem!

Por essas e outras que trouxemos nesse post um guia completo sobre a planta.

Hoje você vai aprender como plantar jiboia, como cuidar da jiboia e, claro, como fazer mudas de jiboia, porque, afinal de contas, você vai se apaixonar tanto por essa verdinha que vai querer várias dela em casa.

Vem com a gente?

Características da jiboia

A jiboia é uma planta de clima tropical, vinda lá das Ilhas Salamão.

Mas bem que poderíamos considerá-la bem brasileirinha, já que ela se adaptou super bem no nosso querido Brasil.

De nome cientifico Epipremnum pinnatum, a jiboia se caracteriza, sobretudo, pelas suas folhas verdes brilhantes em formato de coração.

A jiboia é uma planta trepadeira que pode ser cultivada tanto dentro de casa, quanto em ambientes externos.

Outra característica da planta é a sua capacidade de crescimento. Acredite se quiser, mas ela pode atingir até 18 (DEZOITO!) metros de altura.

Como fazer mudas de jiboia

como fazer mudas de jiboia
Imagem: Freepik

Nada poderia ser mais simples do que fazer mudas de jiboia.

É sério!

Você precisa apenas cortar uma parte do caule que apresente ramificação de raízes.

Depois é só esperar 24 horas para o corte secar e, em seguida, colocar esse pequeno ramo em um potinho com água.

Em cerca de duas semanas você já poderá ver as raízes da planta.

Quando essas raízes atingirem aproximadamente dez centímetros faça o plantio na terra.

Importante: durante o período de enraizamento, mantenha a pequena muda em local protegido do sol, mas ainda assim bem iluminado.

Bora agora ver como plantar essa belezinha?

Como plantar jiboia: passo a passo

como plantar jiboia
Imagem: Pinterest

Depois que a muda estiver com aquelas raízes branquinhas, você deve providenciar o plantio. Para isso, tenha em mãos:

  • Um vaso com cerca de 15 a 20 cm de diâmetro (plástico ou barro)
  • Terra vegetal
  • Substrato
  • Húmus de minhoca
  • Argila expandida ou carvão
  • Pedaço de TNT (tamanho suficiente para cobrir o fundo do vaso)

Passo 1:  Certifique-se que o vaso possui furos para drenagem.

Em seguida, faça uma camada de argila expandida ou carvão no fundo do vaso.

A vantagem do carvão é que ele deixa o vaso mais leve, ideal para ser colocado suspenso, por exemplo.

Passo 2: Sobre a camada de drenagem, coloque um pedacinho de TNT.

Ele ajuda a manter a terra no lugar e evitar que ela saia no momento da rega, além de melhorar o processo de drenagem.

Passo 3: Misture a terra vegetal com o substrato em uma proporção de 3 para 1, respectivamente.

Adicione também húmus de minhoca em uma proporção um pouco menor que a do substrato.

Passo 4: Encha o vaso com essa mistura até um pouco acima da metade.

Passo 5: Faça uma covinha e ajeite a muda com delicadeza. Pressione a terra em volta para firmar a planta.

Passo 6: Complete o vaso com a mistura até a beira.

Pronto! Sua jiboia já está plantada. Agora você só precisa aprender como cuidar dela direitinho.

Como cuidar de jiboia

Como cuidar de jiboia
Imagem: Pinterest

Cuidar da jiboia também é muito simples, você vai ver que não precisa ser nenhum jardineiro para cumprir essa função.

Iluminação e temperatura

A jiboia ama luz indireta. Isso significa que você deve preferencialmente cultivá-la em um local protegido da luz solar direta.

Prefira ambientes próximos de portas e janelas. Eles oferecem a quantidade de luz perfeita para a planta.

Mas se a intenção for cultivá-la em local aberto, opte pela sombra de um pergolado ou debaixo de alguma proteção.

A jiboia prefere clima quente e úmido, não suporta temperaturas muito baixas.

Portanto, se você mora em local de clima frio, prefira cultivar a planta dentro de casa.

Rega

Como toda planta tropical, a jiboia gosta de água.

Por isso, a recomendação é regá-la a cada dois ou três dias no verão e uma vez por semana no inverno.

Em dias muito secos, borrife água nas folhas e veja como ela fica feliz!

Mas não exagere na quantidade de água, ok?

Até quem gosta de umidade pode ter problemas com rega em excesso.

Na dúvida faça o teste colocando o dedo na terra.

Se ficar com o dedo sujo, não regue ainda, mas se o dedo sair limpinho é sinal de que a terra está seca e a planta precisa de água.

Adubação

Para manter a sua jiboia saudável e cheia de vida, faça adubações periódicas a cada dois ou três meses.

Use adubo orgânico (daqueles feitos em casa com cascas de ovos e pó de café, por exemplo), húmus de minhoca ou fertilizantes do tipo NPK 10-10-10.

Poda

A jiboia cresce e cresce muito e cresce rápido.

Se não tomar cuidado ela toma conta do ambiente, sem brincadeira.

Mas para controlar esse crescimento você pode fazer podas de tempos em tempos.

Para isso, basta cortar a ponta dos galhos que estão muito maiores do que deveriam. Lembre-se também de sempre remover folhas amareladas, secas e mortas.

Os ramos mais novos devem ser direcionados para o caminho que você deseja que a planta percorra.

Jiboia na decoração

Agora que você já sabe como plantar e cuidar da jiboia, o que acha de conferir algumas lindas inspirações de como usar a jiboia na decoração?

Nós aqui já adiantamos que ela pode ser colocada em qualquer ambiente da casa, desde que bem iluminado e arejado, incluindo os banheiros, uma vez que esse lugar é perfeito para plantas que gostam de umidade.

Deixar a jiboia suspensa na decoração também faz muito sucesso, mas você ainda pode optar por colocá-la no chão ou em algum móvel baixo  e deixar que ela suba pelas paredes.

Outra boa dica é criar uma urban jungle em casa, unindo em um só lugar diferentes espécies, como a jiboia, a samambaia e a espada de São Jorge, por exemplo.

Veja as ideias que separamos:

Imagens: Pinterest

Viu só? Cuidar de uma jiboia em casa (ou apartamento) é mais simples do que você imaginava.

Agora vai lá plantar a sua! 🙂

Escrito por

Anna Munhoz

Uma jornalista apaixonada por decoração, vida simples, cachoeiras, cristais e cheirinho de bolo de canela. Acredita no poder das casas que contam histórias, na relação afetiva com o próprio lar e na beleza de viver e morar em harmonia com a natureza (mesmo em um ap. de 44 m²).