como fazer composteira doméstica

A compostagem doméstica ainda gera dúvidas para você? Tudo bem, não se preocupe!

O post de hoje é um guia completinho para você que deseja ter uma composteira doméstica, mas nem saber por onde começar.

Chega mais e se ajeita aí!

Trouxemos dicas e um passo a passo completo de como fazer compostagem doméstica.

Bora marcar mais esse ponto com o planeta?

O que é compostagem doméstica e porque você deve fazer

A compostagem doméstica nada mais é do que uma forma natural e sustentável de “reciclar” o lixo orgânico.

Dentro da composteira, esses “restos” se decompõem naturalmente até atingir uma mistura final conhecida popularmente como húmus de minhoca.

Ou seja, como você já deve imaginar, para que o processo de compostagem aconteça é fundamental contar com a ajuda de algumas minhoquinhas.  

A compostagem sempre existiu.

Lá na roça, o pessoal já conhece esse sistema há muito tempo.

Mas foi só recentemente que esse método de reaproveitamento dos resíduos orgânico chegou até as cidades.

Graças ao apelo cada vez maior por um planeta mais sustentável.

Isso porque a compostagem é uma das melhores maneiras de diminuir a quantidade de lixo enviada diariamente para os aterros.

Só para você ter uma ideia, o lixo orgânico representa 57% do lixo total produzido no Brasil todos os dias, de acordo com os dados do Ministério do Meio Ambiente.

Isso quer dizer que das 160 mil toneladas de lixo diárias, 91 mil poderia ter um destino mais feliz e aproveitável.

Além de reduzir o impacto do lixo sobre o meio ambiente, a compostagem também merece sua atenção por ser uma linda e maravilhosa produtora de adubo para plantas.

Como citamos anteriormente, o húmus de minhoca produzido dentro da composteira pode ser utilizado para adubar suas plantinhas de modo natural, sem precisar recorrer a produtos químicos e tóxicos.

Dúvidas sobre a compostagem doméstica

Algumas dúvidas sempre surgem quando o assunto é composteira doméstica.

Por isso, selecionamos os perrengues mais comuns para você entender melhor todo esse processo, acompanhe:

A composteira atrai ratos e baratas?

Não! A composteira não atrai nenhum tipo de roedor ou insetos para dentro de casa.

A não ser, é claro, se você vacilar e deixar de seguir os cuidados necessários que, entre coisas, incluem: sempre cobrir os restos orgânicos com folhas secas e evitar o descarte de carnes e alimentos doces na composteira.

Composteira cheira mal?

Você só vai sentir cheiro ruim na composteira se deixar de cobrir os restos adequadamente e colocar alimentos de difícil decomposição lá dentro.

Posso ter uma composteira mesmo morando em casa pequena?

Não só pode como deve.

A composteira cabe em qualquer lugar ou cantinho da casa.

Hoje em dia, inclusive, existem diversos tamanhos de composteira justamente para se adaptar aos espaços urbanos que, como sabemos, são cada vez menores.

Uma boa dica é deixar a composteira na cozinha, assim você prepara as refeições e já descarta ali mesmo os resíduos orgânicos, facilitando sua vida.

O que posso colocar na composteira?

Não é porque você tem uma composteira que vai colocar qualquer coisa dentro dela.

Alguns alimentos são mais difíceis de decompor, como é o caso de carnes e ossos, outros, podem atrair insetos e roedores.

Portanto, tome nota da listinha a seguir e veja o que você pode colocar na composteira.

  • Restos de frutas, legumes e verduras (sementes, cascas, talos, galhos e folhas)
  • Papel picado
  • Casca de ovo
  • Pó de café
  • Saquinhos e restos de chá coado
  • Podas de jardim
  • Grãos (feijão, milho, ervilha, lentilha, grão de bico)

O que não posso colocar na composteira?

  • Carnes de qualquer tipo
  • Ossos
  • Fezes e urina de animais
  • Papel sujo de gordura
  • Embalagens (plástico, vidro, alumínio)
  • Papel higiênico
  • Laticínios em geral
  • Frutas cítricas em excesso
  • Restos de alimentos com sal, açúcar e temperos em geral

Preciso comprar minhocas para composteira?

Você não precisa ter minhocas super dotadas para a sua composteira, ok?

Existe sim uma recomendação para o uso das minhocas californianas que ajudam a acelarar o processo de compostagem.

Mas não é obrigatório.

Pode comprar, se puder e quiser, mas como aqui a intenção é ser sustentável e eliminar o consumo supérfluo não existe essa necessidade.

As minhocas que você encontrar no vaso de plantas, no jardim ou na pracinha já dão conta do recado.

Como fazer compostagem doméstica com caixa plástica

Existem diferentes tipos de composteira e você pode optar por qualquer uma delas.

Hoje vamos te mostrar um dos modelos mais populares e fáceis de manipular: a composteira com caixa plástica. Olha só como se faz:

Materiais necessários

  • 3 caixas plásticas com tampa e tamanhos iguais (opte por caixas que atendam a quantidade de lixo orgânico que você e sua família produzem ao longo do dia)
  • Furadeira
  • Torneira plástica de bebedouro
  • Terra preta
  • Folhas secas
  • Minhocas (entre 100 e 200, dependendo do tamanho da caixa)

Como fazer composteira doméstica: passo a passo

Pegue duas caixas e faça alguns furinhos na parte de baixo.

Esses furos são importantes para as minhocas se movimentarem entre uma caixa e outra e para que o chorume (liquido resultante da decomposição dos resíduos) também possa passar.

Em seguida, pegue a terceira caixa (a que sobrou) e faça um furo para encaixar a torneira plástica.

E por aí que você vai retirar o chorume produzido pela composteira.

Na tampa de uma das caixas faça alguns furinhos para permitir a passagem de ar e a decomposição adequada dos resíduos.

Agora vem a hora de montar a composteira.

Comece colocando a caixa com a torneirinha embaixo, na base da pilha.

Depois empilhe as demais caixas restantes e use a tampa para fechar.

Pronto!

A sua composteira está preparada para receber a terra, as minhocas e os resíduos.

Como usar a composteira doméstica pela primeira vez

Com a composteira pronta, chegou a hora de colocá-la para funcionar.

Comece retirando a primeira e a segunda caixa da pilha. Destampe-a.

Acrescente uma camada de cerca de 5 cm de terra preta nas duas caixas e coloque as minhocas, dividindo-as entre as caixas.

Volte as duas caixas para a pilha.

Em seguida, adicione a primeira camada de resíduos orgânicos na primeira caixa.

Sobre os resíduos, espalhe uma camada generosa de folhas secas.

Tampe a caixa.

Você repetirá esse processo de camadas de resíduos e de folhas até encher a primeira caixa.

Quando estiver cheia, troque-a de lugar com a segunda caixa, mantendo-a no meio a partir de agora.

Enquanto essa nova caixa vai recebendo o lixo orgânico, a caixa do meio terminará o processo de decomposição até se transformar em adubo.

Esse processo deve levar cerca de um mês e meio para ser concluído.  

Ficou com alguma dúvida? Assista ao vídeo a seguir e clareie suas ideias:

Como saber o momento de recolher o adubo da composteira?

Você saberá que o processo de compostagem chegou ao fim quando notar que os resíduos se transformaram em uma espécie de terra, levemente úmida, escura, uniforme e sem cheiro algum.

Também é importante que nenhum resto de alimento possa ser distinguido.

Para usar esse adubo, leve a caixa para o sol e aguarde cerca de duas horas.

Esse tempo é importante para que as minhocas se escondam na terra do fundo da caixa.

Retire o adubo até chegar na camada de terra.

Devolva a caixa para a pilha, colocando-a no topo, caso a primeira caixa já estiver cheia.

Depois é só usar esse adubo para nutrir suas plantinhas.

Se for adubo demais para você, compartilhe com amigos, parentes e vizinhos.

Outra boa dica é usar esse adubo para fazer um carinho nas plantas e árvores de praças e vias públicas.

O chorume da terceira caixa também pode ser usado para adubar as plantas.

Mas nunca utilize-o puro.

Faça a diluição seguindo a proporção de um para dez, ou seja, uma parte de chorume para dez de água.

Dicas para a compostagem doméstica funcionar direitinho

  • Revire os resíduos e as folhas delicadamente a cada quinze dias. Faça isso para arejar e promover a oxigenação ideal para a composteira.
  • Retire o chorume uma vez por semana para evitar a proliferação de bactérias e mal cheiro na composteira.
  • Não deixe a composteira exposta ao sol. Suas minhocas podem morrer!
  • A umidade da composteira deve ser observada com frequência. Se notar que ela está muito úmida, quase molhada, adicione mais folhas secas e um pouco de pó de serragem.

Além da composteira doméstica feita com caixas plásticas, você também pode optar por fazer a composteira usando baldes, caixas de isopor e até garrafas pet.

O processo lá dentro é sempre o mesmo, o que muda é o recipiente, só isso.

Dá só uma olhada como você pode fazer composteira usando baldes:

Já se você mora sozinho ou produz pouco lixo orgânico, uma boa opção é o modelo de composteira com garrafa pet. Veja como se faz:

Agora que você já sabe como fazer compostagem doméstica é só colocar a mão na massa.

E pra coisa toda ficar ainda melhor, você pode aproveitar e reciclar o lixo doméstico.

Assim, sua casa se torna cada dia mais sustentável.

Onde comprar composteira doméstica

Mas se para você fazer a própria composteira é dificil seja lá por qual motivo for, tudo bem!

Não é por isso que o seu lixo vai deixar de ganhar um destino adequado.

A solução nesse caso é apostar nas composteiras prontas para vender.

Pois é, elas existem (que bom!)

E para te dar mais esse incentivo selecionamos a seguir opções de composteiras para você comprar.

Repare que cada uma possui um tamanho diferente. Escolha aquela de acordo com a demanda e a produção de lixo orgânico da sua casa.

Quanto mais lixo, maior deve ser a composteira. Confira:

1. Mini Composteira 4 litros – R$ 75,20 – Lojas Americanas

Mini composteira doméstica 4 litros. Essa pequena notável é indicada para pessoas que moram sozinhas e produzem pouco lixo orgânico.

A composteira acompanha três caixas ao todo, sendo duas digestoras e uma coletora, com capacidade para 4 litros cada, além da tampa, torneira, um saquinho de serragem e manual explicativo.

Disponível pelo site Americanas. com por R$ 75,20. Clique aqui para comprar.

2. Composteira doméstica 15 litros – R$ 109,90 – Lojas Americanas

Para uma casa com duas a três pessoas com pequena produção de lixo orgânico, a composteira de 15 litros (por caixa) é a ideal.

O conjunto vem com duas caixas digestoras, uma caixa coletora, além da torneira, tampa, serragem, humus para as minhocas e manual de utilização e montagem.

Disponível nas lojas Americanas por R$ 109,90. Clique aqui para comprar.

3. Composteira doméstica 26 litros – R$ 281,86 – Lojas Americanas

A composteira de 26 litros é indicada para casas com até quatro pessoas e uma produção média de lixo orgânico.

O kit vem com duas caixas coletoras, uma caixa digestora, torneira, serragem, tampa e manual de uso.

Disponível em lojas Americanas por R$ 281,86. Clique aqui para comprar.

4. Composteira doméstica 39 litros – R$ 207 – Lojas Americanas

As famílias maiores e com uma produção diária de até 900 gr de lixo orgânico podem apostar na composteira de 39 litros.

O kit acompanha duas caixas coletoras de 39 litros cada, mais uma caixa digestora de 39 litros. A composteira ainda vem com torneira, tampa e manual de instruções. Disponível em lojas Americanas por R$ 207. Clique aqui para comprar.

5. Composteira doméstica 60 litros – R$ 139,90 – Lojas Americanas

A produção orgânica aí na sua casa é grande? Chega a bater 1,5 kg por dia? Então você precisa de uma composteira tamanho G, ou seja, essa aí da imagem.

Com capacidade para 46 litros em cada caixa, essa composteira vai servir direitinho para suas necessidades.

Disponível em Lojas Americanas por R$ 139,90. Clique aqui para comprar.

Bom agora não tem mais desculpa para deixar de compostar o lixo da sua casa! Mãos à obra! 🙂

Escrito por

Anna Munhoz

Uma jornalista apaixonada por decoração, vida simples, cachoeiras, cristais e cheirinho de bolo de canela. Acredita no poder das casas que contam histórias, na relação afetiva com o próprio lar e na beleza de viver e morar em harmonia com a natureza (mesmo em um ap. de 44 m²).