Espada de São Jorge significado e como cuidar

Místicos, jardineiros de primeira viagem e amantes de plantas em geral! Vem todo mundo para cá porque hoje vamos falar de uma plantinha que mora no coração dos brasileiros: a Espada de São Jorge.

A Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata) possui origem africana, mas se adaptou super bem no nosso território tupiniquim.

Muito popular nas tradições afro-religiosas, a Espada de São Jorge não é considerada apenas como uma planta decorativa, mas uma planta de poder.

Vamos descobrir mais sobre essa verdinha incrível? Vem com a gente:

Tipos de Espada de São Jorge:

Espada de São Jorge Anã: uma das variedades da espécie
Espada de São Jorge Anã: uma das variedades da espécie (Imagem: Freepik)

A Espada de São Jorge é facilmente reconhecida pelas suas folhas alongadas e pontudas que realmente lembram uma espada.

Quando toda verde, a planta é conhecida como Espada de São Jorge ou Espada de Ogum.

Mas quando a planta apresenta bordas amarelas, ela passa a ser chamada de Espada de Iansã ou Espada de Santa Bárbara.

Outro tipo comum de Espada de São Jorge é aquela com folhas cilíndricas. Nesse caso, ela passa a se chamar Lança de São Jorge.

Existe ainda a Espada de São Jorge anã. Basicamente, a mesma planta só que em tamanho reduzido.

Contudo, apesar das diferenças visuais, no fundo no fundo, a planta apresenta características biológicas muito parecidas e a forma de cultivo é a mesma.

Significado da Espada de São Jorge: afinal, para que serve a planta?

A Espada de São Jorge é muito popular pelo seu significado místico e espiritual.

De modo geral, a maioria das tradições religiosas enxerga a planta como um grande amuleto de proteção, graças ao seu formato de espada.

Para o candomblé, a umbanda e até mesmo o catolicismo, a Espada de São Jorge serve para cortar inveja, afastar mau olhado e tirar quebranto.

Quer dizer: o melhor lugar da casa para ter um belo vaso de Espada de São Jorge é, sem dúvida nenhuma, bem na entrada.

Com ela ali, nada de ruim entra.

A Espada de São Jorge também é considerada um amuleto de coragem.

Existem diversas simpatias que, ao que dizem por aí, ajudam a espantar o medo e abrir caminhos.

Mas saindo do campo do misticismo e entrando no campo da ciência, você sabia que a Espada de São Jorge é uma planta capaz de limpar e purificar o ar dos ambientes?

Sim, é verdade! Estudos comprovam que a Espada de São Jorge ajuda a eliminar a poluição, mantendo o ar mais limpo e puro.

Muito amor com essa plantinha né?

Espada de São Jorge: como plantar, fazer mudas e cuidados

Como fazer mudas e plantar Espada de São Jorge
Mudas de Espada de São Jorge: fáceis de fazer e “pegam” rápido

Muito provavelmente você já deve estar morrendo de vontade de ter um belo vaso de Espada de São Jorge aí na sua casa.

Mas, calma! Antes é bom saber como plantar e cuidar dela direitinho. Acompanhe:

Como plantar Espada de São Jorge

Se existe uma planta fácil de cuidar, essa planta é a Espada de São Jorge. Para ela, tudo está sempre muito bem, muito bom.

Isso porque a planta dificilmente vai reclamar, a não ser que você a obrigue a viver em condições extremas, aí convenhamos, né?

De resto, você vai ver que ter uma Espada de São Jorge em casa é a coisa mais linda e fácil desse mundo.

Mas vamos começar falando do plantio, que é por onde tudo começa.

Na verdade, você pode optar por comprar um vaso pronto de Espada de São Jorge.

Mas a planta é tão fácil de ser plantada e cresce tão rápido que você nem precisa gastar dinheiro com isso.

Em primeiro lugar, escolha o vaso.

Os de barro sugam mais água do que os de plástico.

Portanto, caso opte pela primeira opção é importante observar com mais frequência a necessidade de regas.

Escolhido o vaso, tenha em mãos uma muda (veja como fazer mudas de Espada de São Jorge logo abaixo).

Faça a drenagem do vaso usando pedrinhas, argila expandida ou carvão. Forre essa camada com TNT ou manta de jardinagem.

Em seguida preencha o vaso até a metade com uma mistura de terra comum e substrato.

A Espada de São Jorge não é nada exigente com relação ao solo, mas é sempre legal oferecer um carinho para a planta.

Na sequência, ajeite a muda no centro do vaso, fazendo uma leve pressão em volta da muda para que ela se fixe na terra.

Complete o vaso com a mistura e pronto! A Espada de São Jorge está plantadinha.

Como fazer mudas de Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge libera mudas naturalmente no próprio vaso em que está plantada. Elas costumam surgir nas laterais, aos “pés” da planta mãe.

Para retirá-las, basta cavoucar um pouquinho a terra tomando cuidado para não machucar a planta mãe.

A retirada das mudas, inclusive, deve ser feita sempre que notar que a touceira principal está muito cheia.

Outra maneira de fazer mudas é através das folhas. Corte uma folha saudável da Espada de São Jorge e coloque-a diretamente no vaso ou em um pote com água.

Quando notar o enraizamento transplante para o vaso definitivo.

Como cuidar da Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge é a planta ideal para os jardineiros de primeira viagem e para quem gosta de plantas, mas não tem muito tempo disponível para se dedicar a elas.

É também uma das poucas plantas que consegue viver bem em ambientes com ar condicionado.

Veja as principais dicas de cultivo para a Espada de São Jorge:

Iluminação

A Espada de São Jorge é muito versátil no quesito iluminação. Ela vai bem tanto no sol, quanto na sombra.

Por isso, é super indicada para jardins e canteiros, ao mesmo tempo em que fica maravilhosa em vasos na sala de estar, por exemplo.

Só não coloque a Espada de São Jorge para viver na penumbra. Não tem planta que aguente! Um mínimo de luz natural é necessário para cultivar a espécie.

Regas

Quanto menos água, melhor. As chances da Espada de São Jorge se desenvolver com pouca água são maiores do que se você regar ela demais.

O ideal é fazer uma rega semanal na planta. Em dias muito quentes, aumente para duas regas semanais e borrife um pouco de água nas folhas.

Já no inverno e em dias muito úmidos, regue apenas se notar o solo seco.

A água em excesso pode apodrecer as raízes.

Outra dica importante: sempre verifique se o excesso de água está escorrendo pelo vaso.

Se notar que a água não está sendo drenada corretamente, faça a correção.

Adubação

A Espada de São Jorge vive bem em solos áridos e com pouca matéria orgânica, mas isso não quer dizer que ela não pode ser adubada.

A dica para manter sua planta ainda mais bonita é oferecer adubo orgânico, como húmus de minhoca, por exemplo, a cada dois ou três meses.

Outra opção é usar o adubo NPK 10-10-10.

Espada de São Jorge na decoração

A Espada de São Jorge é uma planta de aparência rústica, mas ao mesmo tempo de grande impacto visual.

Ela pode ser usada na decoração sozinha ou em conjuntos de vasos com outras espadas ou outras espécies, compondo um jardim interno ou, como está na moda hoje em dia, uma linda Urban Jungle.

A Espada de São Jorge fica incrível quando combinada com cactos (ressaltando o estilo rústico da planta) ou com plantas tropicais, como samambaias, jiboias e marantas.

Para conferir ainda mais destaque para a sua Espada de São Jorge, prefira vasos altos ou suportes para deixá-las em evidência.

E por falar em vasos, aproveite para escolher o vaso de acordo com o ambiente.

Locais rústicos ficam perfeitos com vasos de barro cru ou com cachepôs de palha e vime.

Já se prefere um ambiente mais sofisticado, escolha vasos de cerâmica coloridos, vasos de vidro ou acrílico.

Onde usar a Espada de São Jorge na decoração da casa?

A Espada de São Jorge pode ser usada em qualquer ambiente da casa, da cozinha ao banheiro, passando pela sala e pelos quartos.

Mas se a sua intenção for usar a Espada de São Jorge baseado nos poderes místicos da planta, um dos melhores locais é a entrada da casa, no hall ou em um canteiro.

Independente de onde você deseja usar a planta, uma coisa é muito importante: a Espada de São Jorge é tóxica e deve ser mantida em local seguro de crianças e animais domésticos.

Veja agora 21 fotos de decoração com Espada de São Jorge para inspirar você e a sua casa:

Imagens: Pinterest

Agora é só ir lá e plantar sua Espada de São Jorge! 🙂

Escrito por

Anna Munhoz

Uma jornalista apaixonada por decoração, vida simples, cachoeiras, cristais e cheirinho de bolo de canela. Acredita no poder das casas que contam histórias, na relação afetiva com o próprio lar e na beleza de viver e morar em harmonia com a natureza (mesmo em um ap. de 44 m²).