Como fazer potes organizadores de cozinha

Hoje você vai aprender como fazer potes de vidro para mantimentos e já fique sabendo de uma coisa: depois desse post você nunca mais vai jogar um pote de vidro fora.

E sabe por quê?

Porque esses potes são perfeitos para organizar toda a sua dispensa e deixá-la lindona.

Potes de palmito, azeitona, massa de tomate, suco de uva, geleia, enfim. Todos eles podem ter um destino muito mais proveitoso se você aprender como reaproveitá-los.

Pensa só quantas vantagens esses potinhos têm a oferecer:

  1. Eles são de vidro, um material nobre e sofisticado.
  2. Eles são, na grande maioria, transparentes, o que facilita na hora de encaixá-los em qualquer tipo de decoração.
  3. O fato deles serem transparentes também ajuda a identificar o que tem dentro.
  4. Eles já vêm com tampa, permitindo que você armazene tudo com mais segurança e higiene.
  5. São de graça, isso porque você já pagou por eles quando os comprou lá no supermercado.
  6. São sustentáveis, afinal de contas você reaproveita uma coisa que iria para o lixo e dispensa a necessidade de comprar coisas novas.
  7. Possuem inúmeros formatos e tamanhos, o que permite armazenar de tudo um pouco e, de quebra, ainda criar uma composição bem legal.

Viu só quantos bons motivos para reaproveitar um pote de vidro?

Mas ainda tem mais uma coisinha: os potes de vidro podem receber a decoração e o acabamento que você preferir.

Veja a seguir um passo a passo moleza de como reutilizar potes de vidro para mantimentos mas, antes, anote os materiais necessários.

Como reutilizar potes de vidro para mantimentos – passo a passo

De modo geral, os materiais necessários para fazer os organizadores de dispensa incluem:

  • 1 pote de vidro reaproveitado
  • Cola quente
  • Tesoura
  • Acabamentos em geral (tinta, tecido, sisal, etc)

Dica 1: Independente do tipo de pote organizador de dispensa que você irá fazer é sempre muito importante higienizar a embalagem.

Para isso, lave o pote com água e sabão neutro.

Em seguida, coloque o pote por alguns minutos em água fervente, retire e espere secar completamente.

Confira agora o tutorial com o passo a passo de como reutilizar potes de vidro para mantimentos:

Potes organizadores de vidro com etiqueta de papel lousa

Bem moderninhos e super fáceis de fazer.

Esses potes de vidro para mantimentos receberam penas uma pintura na tampa e uma etiqueta com papel lousa para ficarem mais charmosos.

Veja o passo a passo com o pessoal do Studio Lab Decor:

Com essa dica em mãos, basta você adaptar a ideia para sua decoração, escolhendo, por exemplo, a cor da tampa ou o tipo de etiqueta.

Dica 2: na hora de fazer os potes organizadores, procure manter uma certa variedade de tamanhos, assim é possível armazenar desde temperos até arroz, feijão e café.

Dica 3: Para facilitar na hora de pegar as embalagens você também pode optar por usar uma bandeja. Basta organizar os potes sobre ela e, na hora que precisar, pega tudo de uma vez, evitando esbarrar e derrubar os potes que estão na frente.

Dica 4: Aproveite e reutilize também garrafas de vidro de suco de uva e molho de tomate, por exemplo. Nelas, é possível armazenar uma quantidade maior de mantimentos. Já as garrafas de leite de coco, por exemplo, ficam super lindas como porta temperos.

Dica 5: Se preferir, use a caneta corretivo diretamente sobre o vidro, sem a necessidade de etiquetas. Assim, você confere um visual mais clean e sofisticado para as embalagens.

Dica 6: As tampas dos potes de vidro podem ser substituídas por rolhas de cortiça. Você encontra esse tipo de rolha em lojas especializadas em artigos para festa. Apenas tome cuidado para que o pote fique bem vedado.

Dica 7: No final, os potes de vidro ficam tão lindos que você nem vai querer colocá-los dentro do armário. Vale a pena deixá-los expostos na cozinha em uma prateleira criativa feita por você mesmo.

Veja a seguir 11 ideias de potes de vidro para mantimentos que você mesmo pode fazer:

Imagens: Pinterest

Escrito por

Anna Munhoz

Uma jornalista apaixonada por decoração, vida simples, cachoeiras, cristais e cheirinho de bolo de canela. Acredita no poder das casas que contam histórias, na relação afetiva com o próprio lar e na beleza de viver e morar em harmonia com a natureza (mesmo em um ap. de 44 m²).